sábado, 15 de março de 2008

.sábado

Há, mais uma daquelas histórias.

Amor não acontece sempre, alias, quase nunca;
Na correria, tropeça, para, olha:
- Gostei.
A explicação que me falta é a onde ele acontece? Como?
E porque quase sempre só de um lado.

Sol e vento. Melancolia, conforto.

Sono.


Adormece o sentimento, daí sai às linhas
em branco.

Antes
eu escrevia com mais facilidade. =/ (triste)

Ponto final.

Um comentário:

Pra quem não sabe disse...
Este comentário foi removido pelo autor.